sexta-feira, 27 de agosto de 2010

O Simão disse adeus.

Um bem-haja para ti também.

Do pouco que li sobre ti fora dos relvados, concluí rapidamente que não gosto de ti. Não é apenas o teu passado em Alvalade, tão desprezado que foi (podes ser de um rival, mas desrespeito pelo passado é desrespeito). É também da tua atitude com o Figo, quando ele trocou barcelona por madrid - nunca farias isso, disseste. O falhanço em barcelona levou-te para o benfica. Chegou aí a falta de respeito. Não por assinares, mas por não seres capaz de dizer as coisas como elas são: passado é passado, profissionalismo é profissionalismo. E acredita, essa não é a única altura em que te assemelhaste ao fabulosamente banal rodriguez.

De qualquer das maneiras, agradeço as tuas 85 internacionalizações. Apesar das tuas manias de ego e birras de prima-dona com a prima-dona-mor (o CR), sempre estiveste lá, com a tua dedicação possível. Mas de um modo geral nunca foste um ala brilhante. Nunca foste um líder ou um jogador a quem se agradece de olhos fechados pelos sucessos. A selecção ganhou muitas vezes contigo. Mas até o Sporting ganha jogos com o Abel.

De tempos a tempos havia esperança na tua adaptação a dez, esperança na tua adaptação a segundo avançado ou simples esperança. De um modo geral essas esperanças eram sempre defraudadas porque um bom jogador é isso, um bom jogador. E as esperanças devem ficar com os excepcionais, coisa que só na luz, rodeado de cepos, pareceste ser. Ao lado de forlans e agueros, ao lado de figos e ronaldos, sempre te tivemos com essa banal dedicação. Dedico-te agora um banal obrigado. Tens as tuas razões pessoais e essas respeito. Mas numa altura em que a selecção se encontra, fruto de uma federação "dedicada", em processo de auto-mirramento, posso apenas dizer que também não és necessário. Faz-lhe bom proveito no banco do atlético. É que só por pena é que na selecção poderias passar do banco.

4 comentários:

Pedro disse...

Confesso que até o acho um bom jogador, apesar de ter maltratado o Sporting em determinada altura, mas a verdade é que já está na fase descendente da carreira e de forma prematura porque ele nem é assim tão velho para o futebol. Posto isto, o gajo não faz falta nenhuma à selecção.

Há, no entanto, algo de estranho nesta renúncia, principalmente no momento em que ocorreu. Pode até ser só apenas mau timing mas lá está, cheira a esturro.

Mudando de assunto, epá, coitado do Abel, até é bom rapaz e poderá fazer falta caso, muito remotamente, o Patrício comece a tornar-se um guarda-redes com fibra e saia com mais intensidade aos lances e acerte no João Pereira... Hipoteticamente!

Nalitzis Krpan disse...

hipoteticametne, claro.

pá, o simão é bom. nada a dizer. e como deu algumas alegrias aos benfiquistas, também é natural que tenha sido elevado ao estatuto de semi-deus (ainda me lembro de ver benfiquistas a dizer que o binya era o melhor trinco do campeonato).

Especulando um pocuo sobre a sua saída, duvido que seja pelo Queiroz. Talvez seja pelas broncas com o Ronaldo, que o Simao também nunca lidou bem com o menino-estrela.

Teve o seu tempo, fez as suas cenas, agora demarcou-se. e a partir de hoje vou poder ignorá-lo até ao fim dos meus dias. o bem-haja é a isso.

Anónimo disse...

oh nalitzis, pela boca morre o peixe e ainda hoje vi o simao a ser o CAPITAO NUMA SUPERTAÇA EUROPEIA,sinceramente acho que podes engolir um bcdo os disparates que aqui escreveste, mais uma vez palas nesses olhos, haja liberdade de expressão.

ps.só assim mto rápido o simao ainda chegou po lucio e construiu a jogada do 2ºgolo, ou será que ele tava no banco???não percebi.

Banal é o sporting e o djaló, o simão nao teve nada de banal e acho uma arrogância escrever tanta merda!

sempre a considerar te.

Nalitzis Krpan disse...

Olá, anónimo.

Liberdade de expressão é um dos lemas do Apita-me. Por aí, nada a dizer. O atlético ganhou (com o mourinho tinha sido outra história), o simão jogou bem e só lhe posso dar os parabéns, a ele e à equipa dele. De qualquer das maneiras estas coisas também fazem parte do futebol. E o Yannick de que falas, passei boa parte do jogo com o brondby a questionar por que raio não o venderam. depois fez aquele terceiro golo espectacular. E aí foi com alegria que engoli esse sapo.

Novamente, o simão é bom jogador. Foi bom jogador a carreira toda. Nunca foi excepcional. Isso também me parece certo e não será aos 30 que há-de mudar. Reparaste como o quique ganhou a liga europa e agora a supertaça? E pensar agora que não era treinador para o benfas. Lá está, estas cosias fazem parte do futebol.

Site Meter