segunda-feira, 11 de outubro de 2010

É dor de corno, tenho de confessar.

Vejo o Nani a jogar de forma absolutamente brutal, vejo o Carlos-mimado-Martins, o João-maçã-podre-Moutinho (pau para toda a obra no tempo em que vestia de verde e branco) e aquilo funciona. O Paulo Bento está no banco, há uma tareia de pessoal que passou pelo Sporting nesta equipa e eles jogam. E bem. E vencem.

Um ano de ausência talvez tenha dado ao Paulo Bento a tranquilidade de que tanto falava (é menos teimoso, a equipa é incisiva e o futebol até é bom de se ver jogar). Criaram oportunidades, lidaram bem com o susto e até admiro o omnipresente Ronaldo, que nos últimos dois jogos tugas teve uma infeliz lesão e consequente recuperação milagrosa (teve de falhar dois jogos, e coitado foram logo os dois da selecção). Está lá muita coisa com um timing e uma postura diferente – podia ter sido outro Sporting, o meu, mas a descida aos infernos continuou então e os mesmos que não conseguiram mais em Alvalade andam agora a conseguir noutro lado. Olho para o banco e está lá o incompetente Amândio. Na bancada, o Madaíl volta a ver a selecção jogar. Talvez tenha estado a beber uns copos antes. O que é certo é que tem 65 anos e continua a ser o mais novo de uma federação medíocre que teve direito a mais um balão de oxigénio. Em campo, a minha selecção camufla a mediocridade. Em casa só penso que esta boa vitória acarreta muitas dúvidas e mais algumas revoltas. Torço pela vitória deles lá naquele país que foi à falência e que mesmo assim parece melhor do que o nosso. É uma vitória e vai saber bem. Mas não consigo deixar de sentir algum sabor agridoce. É dor de corno. Só pode ser isso.

2 comentários:

Aurelio Estorninho disse...

http://cinemadafebre.blogspot.com/2010/09/luis-filipe-orelhas-vieira-o-penhorado.html

Nalitzis Krpan disse...

Agradece-se o link, Aurelio.

Infelizmente o orelhas tem imprensa só para ele, é corrupto em Portugal (um de muitos - todos eles concordam que isto é o paraíso do roubo) e tem a massa acéfala e ignorante a que chamam "adeptos" a protegê-lo. Resta-nos apenas esperar que a sua faceta vale e azevedo seja inevitavelmente revelada. Até lá, temos de gramar hipócritas e demagogos a dar lições de moral.

Site Meter