segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Sporting: o que fica abaixo da mediocridade?

Sem presidente, com um treinador que parece desiludido, um dirigente que só se preocupa com mariquices, e um director que chegou para um trabalho e que se vê à perna com uma tarefa bem mais gigantesca.

Isto é o Sporting actual, com mais uma época queimada, com bons jogadores desmotivados e jogadores que são só maus. Temos eleições à porta e menos de um ano depois de termos vendido o capitão estamos já disponíveis para despachar o nosso melhor avançado da última década (e um dos símbolos do clube nos últimos 8 anos). Esta merda é mau negócio. Muito mau.

Não há legitimidade nem argumento para algo assim. É só mais um salto, precipício abaixo, a caminho da fossa que nos espera lá ao fundo. Andámos anos a ser assombrados com a pergunta Quem substitui o Liedson? Foi esta a solução que encontraram: vendam-no, a ver se a pergunta muda. Tenham vergonha.

2 comentários:

Nalitzis Krpan disse...

Independentemente do negócio, fica um Obrigado ao Liedson. Foi levemente enorme, de verde e branco. É triste sair de cá sem nunca ter sido campeão. Não foi certamente por ela que deixámos de ganhar fosse o que fosse.

Boa sorte.

Barnaby disse...

Nunca fui muito à bola com a atitude do Liédson em alguns jogos, mas reconheço a sua (grande) qualidade... agora a questão é quem o vai substituir porque tenho ouvido por aí que o Kléber já não vem! Acredito que os dirigentes do SCP estivessem já a contar com o Kléber... agora que o At. Mineiro (parece que) roeu a corda devem andar numa lufa-lufa pra arranjar um avançado!
Porquê deixar tudo pró último dia??

Site Meter