quinta-feira, 19 de novembro de 2009

E no regresso podem cantarolar: Eu vou, eu vou, eu vou ao cú à Bósnia...

E assim de repente, pimbas, puta que os pariu, despachámos os bósnios.
Foi uma exibição tão positiva, a de ontem, que fiquei chocado.
Grandes exibições individuais, mas queria destacar dois patinhos feios, Duda e Paulo Ferreira, que ontem se superaram. A bósnia fez trinta por uma linha para nos lixar (com a total conivência do sempre presente polvo que é a FIFA, que fechou os olhos a tudo, bem fechadinhos). Os nossos jogadores foram enxovalhados mas resistiram. Aliás, até os jornalistas e o bêbado madail foram, mostrando que a bósnia ainda é um país de terceiro mundo merdoso – e ser um tuga a ter de dizer isto só torna as coisas mais ridículas.

Digam o que disseram a bósnia não mereceu, em nenhum dos dois jogos, ir ao mundial. E ver ontem a nossa equipa a cantar o hino a plenos pulmões, sob monumental (e desrespeitosa) assobiadela daquela horda de hunos, epah, foi a primeira vez na era Queiroz que os vi assim. Foram solidários, mostraram coragem contra tudo e contra todos (incluindo muitos de nós, adeptos portugueses).

Ganhámos e merecemos. Ontem senti que podíamos ter ganho um grupo a sério. Agora é ver se isso chega a 2010.

Outra coisa, para efeitos turísticos:

A população masculina bósnia é semelhante ao Bruno Pidá. Arzinho de porteiro de discoteca, brutamontes, violentos e com cadastro criminal. Que bandalhos. Eh eh. Que trolhas. Só faltava termos lá deixado o Coentrão. Era a única desculpa para a convocatória, diga-se de passagem.

8 comentários:

Morales disse...

Um post que ataca Coentrão e defende Queirós tem obviamente que merecer o meu mais veemente repúdio, além de um comentário à altura, que virá quando o trabalho permitir. lol

Pedro disse...

Têm mesmo de ser brutamontes e violentos, não fora aquela das poucas cidades a resistir aos ataques no decorrer da guerra. Por isso é que ainda é mais impressionante que tipos com o corpanzil do Simão e outros que tais tenham feito um brilharete daqueles. lol

Foi porreiro!! Deu para uma multidão de 4 pessoas subir ao pobre do Marquês Pombal... não, infelizmente não foi o Iorda...

Nalitzis Krpan disse...

Bring it on, Morales! lol

O gajo mais baixo da bósnia tinha 1,84 metros. E a nossa pequenada aguentou-se bem, Pedro. Estou como tu. O simão aguentou-se e nem fugiu da linha lateral quando estavam a apedrejar o campo.

Bossio Rojas disse...

O simão aguentou-se? O homem não jogou um caralho!

Pedro disse...

Até fiquei com a sensação que ele estava mesmo à espera que lhe atirassem algo aos cornos mas teve menos sorte que o fiscal de linha.

Nalitzis Krpan disse...

O simão também se aguentou, não sejam tão tugas.

Morales disse...

Chamem-me tuga, abutre, o que quiserem mas não consigo partilhar desta euforia que agora se instalou e que até levou a romarias ao aeroporto para receber os "heróis" de Zenica. Não é este jogo (o primeiro que se pode considerar "bom" desde que o Professor está nos comandos da selecção) que apaga todo o esterco que ficou para trás. Não esqueço que íamos ficando para trás num grupo miserável ("Miserável é, quer queiram quer não, a palavra que melhor define o nosso grupo). Não me esqueço - e aí discordo de ti, Nalitzis - da caga monumental que tivemos na Luz com a Bósnia. Não me esqueço que ganhamos na Bósnia a uma selecção amputada do capitão Spahic, do trinco Rahimic (que, para quem não se lembra, integrava essa maravilhosa equipa que ganhou aquela Taça Uefa, há uns anos, em Alvalade) e do cérebro Misimovic. Já agora, lanço uma pergunta: pq não jogou Salihamidzic?

Quanto ao tratamento a que fomos sujeitos na Bósnia, quando os nossos representantes são gente do calibre de Madaíl ou Queiroz, confesso que até acho alguma graça quando oiço que o Madail foi enfiado no meio da bancada com os grunhos. Deve ter passado despercebido, digo eu...lol Quanto ao hino, fizeram aquilo que "nós" fazemos sempre que vem cá alguma selecção jogar.

Quanto à suposta conivência da FIFA, confesso que tenho alguma dificuldade em engolir essa tal conivência. Que interesse tem a FIFA em que passe a Bósnia, e Portugal (de Ronaldo!!!) seja eliminado??!!

(este comentário até vai virar post noutro espaço...lol)

Nalitzis Krpan disse...

Grande Morales!

Então 'bora lá: Estou contigo na parte da euforia.Pode-se fazer a festa do apuramento, claro, mas houve demasiadas falências ao longo da campanha para estarmos descansados. No mundial, o contexto é sempre outro (a adaptação ao país, a preparação, os jogadores que se lesionam, os grupos, a sorte... tudo isso vai ajudar a definir quem faz ou não um bom mundial). Mas ganhámos e a bósnia teve o que merecia e dela não tenho pena. Agora, claro, vamos ter de ver se somos equipa para ir longe ou se o objectivo será só passar a fase de grupos.

Não nego, longe disso, a caga na Luz. Aquela jogada estapafúrdia em que vai à barra e depois bate no poste porque foi desviada por um bósnio foi toda a sorte para vários jogos que tivemos no mesmo minuto (acho até que já disse isso aqui antes).

Quanto ao hino, aí discordo. Há sempre um outro marmelo sem educação (assobia hino, minutos de silêncio ou até o ar que respiram). Mas com a luz cheia deu para ouvir o hino bósnio. Lá, não se passou nada disso. Foram enxovalhados a todos os níveis e o hino foi só mais uma (mandaram o madail para a bancada, fizeram a vida negra aos jornalistas portugueses, o presidente da câmara da cidade andou a dizer que os jogadores foram mal tratados cá... foi só merda)

A conivência da fifa é outra história. a fifa não favoreceu a bósnia. a fifa é conivente porque é uma merda. porque é hipócrita quando fala em fair play mas fecha os olhos a cenas assim. Um exemplo: Têm tantas regras e depois admitem que se vendam milhares de bilhetes a mais. havia pessoas a encher as escadas de acesso... se houvesse merda queria ver o que era. a fifa trabalha mal. tem demasiados velhos jarreta e depois nem pressionam para se cumprirem as regras mais elementares de segurança.

Site Meter