segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Paulo Bento, o mártir.

Parece que já é oficial. Paulo Bento é o próximo mister das quinas. Depois da borrada que foi o caso Queiroz e da anedota que foi a ida a Madrid, para fazer de Mourinho D. Sebastião por dois jogos, o Paulo Bento chegou finalmente a acordo com a federação, a tal que insiste há sabe-se lá quantos anos a exibir incompetência e tricas javardas como "estrutura do futebol nacional".

Desejo toda a sorte ao Paulo Bento e adianto desde já que espero que as coisas lhe corram bem. Mas depois de o ter visto iniciar a carreira profissional num Sporting trucidado pelas suas próprias políticas (com o termo passivo a antecipar-se a qualquer táctica ou mentalidade competitiva), não consigo deixar de pensar que o Paulo Bento é masoquista. Um autêntico suicida a caminho da desgraça final. Temo que venha aí um mártir.

5 comentários:

Cláudio Kralj disse...

a novela do futebol português voltou a criar mais um capítulo prenho de estupidices...

Barnaby disse...

Olha, uma coisa tenho certeza... mesmo que o Carlos Martins marque 53 golos, e faça 209 assistências esta época, não há-de calçar as chuteiras da selecção! Essa é que é essa...

Barnaby disse...

Por outro lado, o Custódio ainda vai aparecer na convocatória! Medo...

Cláudio Kralj disse...

vamos ter um tonel em grande forma para o apuramento.

Nalitzis Krpan disse...

E não se esqueçam que por uma questão de coerência o Varela não deverá ser convocado. Afinal de contas foi o PB que o despachou de Alvalade. Devia haver uma quota para negros rápidos (com nomes marados) que ficou - infelizmente - preenchida pelo Yannick.

Em contra partida o Rui Patrício deve ter lugar cativo.

Site Meter