sexta-feira, 10 de setembro de 2010

queiroz corrido. que se segue?

Com excepção do cajuda, que se fez ao bife pelo twitter, os treinadores que vêm a público dizem o óbvio. "caminho mais fácil", "pouco prestígio", "filhos da puta" (ok, esta fui eu). Despedir alguém, desta maneira, é um novo nível mínimo na reles pobreza a que nos atrevemos chamar futebol português. Queiroz cometeu erros (já aqui falei de vários antes), alguns absurdos para um homem com formação, como é o caso. Oceanos, Rui Bentos, Peixes e Agostinhos ao seu lado não dão garantia de nada. E meter-se em picardias foi erro igual ou maior.

Mas sejamos honestos, com excepção de alguns conas (o ex-treinador do arouca, especialista em geriatria, jorge gabriel; o gordo serrão; o realizador do benfas, que é um realizador de merda e comentador pior), Scolari nunca sofreu tanto quanto queiroz, que desde sempre teve víboras à espera que ela caísse - basta lembrar a pressão do palmelão machado, apressado a meter o bedelho nestes assuntos. E tal também acontece porque é queiroz português e nós cá nem sempre temos pachorra para nós próprios - sinceramente até é coisa que se percebe.

Scolari tinha mais capital de confiança, teve os jogadores consigo e saiu em claro final de ciclo. um obrigado e isso agora não interssa. Queiroz gramou com mil e um fantasmas e acabou num processo kafkiano (este sim, que se fodam os pedófilos), em que as leis são deturpadas convenientemente e usadas por instrumentos estatais (é ingerência e pode ser que ainda se fodam por isso).

Vendo agora, tenho pena que o queiroz não tenha partido a loiça. Recuar ao chamar cabeça de polvo ao velho,gordo incompetente amândio foi idiota. era manter o discurso e acrescentar mais alguns animais (urso, hiena, cão, etc.). E pelo meio revelava mais alguns podres/mistérios. Que a matilha de hienas do PS (amândio, luis horta e laurentino) tem muito a ver com isto, já sabemos, mas queria perceber o que se passou com o nani (ele é só burro ou muito burro mesmo?), quanto bebe o madaíl por dia e como raio o capachinho do agostinho oliveira não voa, mesmo perante ventos fortes.

Fica para depois. Agora avizinha-se Paulo Bento, a quem terei de desejar toda a sorte. Desejo-a embora duvide que o losango se safe por ali. Quem se safa é o Ronaldo, que mostrou que tem tanto de talento como de reles (o colhão esquerdo do figo tinha mais perfil que tu para ser capitão), e que agora vai poder fazer menos, afinal de contas o PB até é amigo. Em 2012 não iremos ao europeu. Mas um dia lembraremos o que de mal se fez nas últimas semanas e os danos terríveis de tudo isto.

Depois vamos olhar à volta e ver que os cães que nos últimos tempos me foderam o gosto que me restava pela selecção (com a noruega já nem ria, nem chorava, era só absurdo) ainda aí andam, agarrados aos cargos que querem, servindo-se da sua "dignidade" como moeda de troca. Neste momento já só imagino a piada que será caso o mundial não seja ibérico por culpa do laurentino e a pandilha socialista que lhe é próxima. Selecções jovens perdidas, selecção que em tempos foi imponente, a rastejar por esse mundo fora - a selecção Portuguesa não precisava de ser isto. Infelizmente, a última década de sucessos terminou em 2010. Segue-se agora o interregno.

Na altura em que o mourinho quiser vir treinar isto, esperemos que a porcaria já tenha sido devidamente evacuada, esperemos que todos estas merdas já tenham morrido ou entrado para a reforma. Caso contrário... puta c'os pariu que nem 100 caravaggios nos salvam do desespero.

1 comentário:

Barnaby disse...

A FPF hoje em dia não passa de uma cambada de velhos acomodados e agarrados ao poder... primeiro lixaram-nos as selecções jovens! Depois de tanto trabalho entregam o ouro ao bandido! Metem lá Oceanos e outros "compadres" sem provas dadas como treinadores, a dirigirem a "futura" selecção nacional. Tem de vir um gajo de Inglaterra "descobrir" o Bebé nas barbas do Oceano, que tem todos os recursos e tempo do mundo pra descobrir "pérolas" jovens, mas, ao bom estilo de Mister Magoo, passam-lhe ao lado (quantos Bébes já não perdemos?)!
Depois é o desnorte na selecção principal, o deixa andar, ninguém faz nada quanto ao aumentar de estrangeiros na liga, etc, etc, etc.
A FPF precisa dum clíster!

Site Meter