quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Duarte Gomes é o alvo a abater

Ora bem, em relação a esta merda da nomeação dos árbitros, há que dizer que esta MERDA já cheira a um CARALHO enfiado no cu de um BENFIQUISTA.

há que dizer o seguinte:

Dantes, quando os árbitros eram "sorteados", roubava-se. Como, pergunta o benfiquista morcão e o sportinguista desconfiado por eu, ao usar na mesma frase árbitros e sorteios, estar já a referir-me ao sistema? Eu passo a explicar.

Dantes roubava-se. Sempre se roubou, no futebol, mas dantes roubava-se à tripa-forra. Tenho nas minhas connections o primo de um irmão de um amigo de um vice do porto (ok, o grau de separação não é bem este, mas a fonte é fidedigna) que me explicou o esquema do sorteio dos árbitros. Aquela merda só se roubava - e mais, roubava-se com técnicas da maria caxuxa. Roubavam todos. Benfica, porto, sporting, pelo menos até ao dias loureiro, não sei com que intensidade, nem sei com que frequência, mas roubava-se. Tempos em que o Major era dono daquela merda, e claro, sítio onde o major meta as mãos, põe o diabo as patas.
Como é que se roubava? muito simples. os árbitros eram todos colocados em sacos (transformados em bolinhas - que fofo, caralho) para serem escolhidos "ao calhas" para o jogo em questão. No entanto, o árbitro que um clube queria mesmo que apitasse o seu jogo, ia um bocadinho antes para o congelador - enfim, a bola, não o árbitro. quando fossem a meter a mão no saco para tirar "ao calhas", bastava apalparem, e tirarem, a bola mais fria. Esta merda fazia-se, fazia-se mesmo, e as incríveis coincidências que dantes aconteciam antes de um qualquer jogo importante não eram coincidências porra nenhuma. Era roubalheira, pura e dura.

Claro que, mesmo que essa merda nunca tivesse sido em tribunais provada, cheirou tão mal que tiveram que acabar com ela. Vocês devem-se lembrar: ninguém percebeu muito bem como é que aquilo acabou, nem com pressões de quem na presidência da liga, mas aquilo acabou. Era também a única de acabar, sem se perceber quem tinha dito ou exigido o quê, uma vez que os cabrões estavam todos - mas todos - enterrados naquele esquema até ao último cabelo das carecas daqueles filhos da puta.

passou-se ao sorteio - meio limpinho, este! que, no passado, tinha sido abolido precisamente porque dava azo a abusos. em detrimento, precisamente, do sorteio, idóneo à partida. onde também se roubava. mas como era preferível escolher um meio onde se rouba um bocado ao invés de um método em que se rouba como uma velha com uma pensão de cento e vinte euros deixada à solta no continente de alfornelos, voltou-se ao sistema antigo.

Que dá azo a merdas como esta. Merdas pequenas, merdas para chatear, mas merdas. Júlio, diz um gajo da liga para o outro, responsável por estas merdas, que só sabe roubar, e fez do desporto o seu ganha-pão - esse gajo com barriga que, se calhar, nunca correu na vida - Júlio, epá, não te preocupes. O porto já não está representado na liga de clubes, portanto não precisamos de roubar para eles. Quanto aos outros, já não há os sorteios, mas relaxa, Júlio! Porque podemos continar a roubar. A gente nomeia quem quer, e a nossa decisão é soberana, não há recurso para lugar nenhum. Só não podemos é dar muita cana, só quando for mesmo preciso, para não parecer mal. Há, e não te esqueças - isto nos outros anos a gente bem que tentou roubar para o benfica mas não conseguiu, mas este ano é mesmo para aqueles gajos ganharem, que já estou pelos cabelos com os benfiqistas todos a lixarem-me o juízo para e fazer alguma coisa! quem é que está mais na merda? o sporting? chama o duarte nunes para apitar o jogo para os tirarmos do caminho. A gente pensa no porto depois. olha - e nem um comentário para a imprensa! eles também não querem saber. são todos do benfica, né Júlio? É isso mesmo! vá, vai la bater uma ao Rui Costa e depois vai escolher um árbitro fixe para o jogo do benfas com o leixões. e já sabes - se ele fizer merdas, mete-o a apitar jogos da liga vitalis, para aprender a não se meter com o glorioso. vá, põe-te a andar.

2 comentários:

Nalitzis Krpan disse...

já tinha ouvido essa história das bolinhas geladas. E é, no mínimo, credível. o dias da cunha sempre alertou para o que se passava. gozaram com ele até rebentar o apito dourado. mas a diversão mantém-se, com uns poucos clubes (tipo, dois) a fazerem contas à vida (dos árbitros) e ainda assim queixarem-se.

Félix disse...

Eu lembro-me do Duarte Gomes num Benfica 2 - Sporting 2.

Saudações

Site Meter